Gastronomia

Diversidade que agrada todos os paladares



A Chapada Diamantina é conhecida pela sua alimentação tipicamente sertaneja e utilização de produtos naturais da região.  A culinária local é herdada dos tempos de garimpo, e hoje contamos com diversos pratos típicos de dar água na boca!

Em Lençóis, por exemplo, a Rua das Pedras e a Rua da Baderna estão repletas de cafés, docerias, bares e restaurantes onde você encontra desde gastronomia contemporânea e internacional, ao “Cortado de Garimpeiro” – receita que consiste em um picado de carne do sol, palma, mamão verde e maxixe, refogado , acompanhados de  farofa d’água.

Conhecido por sua culinária alternativa, o Vale do Capão (Palmeiras), por sua vez, conta com o Palmito de Jaca, ingrediente para várias receitas e uma ótima alternativa para quem não come carne.

Também se destaca o mel orgânico da Associação de Apicultores e Meliponicultores do Vale do Capão (Palmeiras), e que hoje conta com criadores de outros locais, como Lençóis, Seabra e Iraquara. No Vale do Capão, a Pizzaria Capão Grande inovou com a Pimenta em Mel, dando um sabor especial nas suas pizzas. Hoje é um dos pontos turísticos da Chapada Diamantina.





A Chapada Diamantina se destaca também pela produção de café, especialmente o gourmet, e vem colecionando premiações em concursos de cafés especiais, que podem ser provados em diversas cafeterias.

A “cidade da cachaça”, Abaíra, produz a Cachaça Abaíra, bebida orgânica e artesanal que segue uma receita tradicional há mais de 200 anos. Produzida em alambiques de Abaíra, Jussiape, Mucugê e Piatã, é resultado do trabalho de diversos produtores associados à COOPAMA.

A Chapada Diamantina tem investido na produção artesanal de cervejas, e as mais conhecidas da região são Cavalo do Cão, do Vale do Capão-Palmeiras; Sincorá, de Lençóis; Chapada, de Lençóis e Cangaceira, de Mucugê.





Curiosidade:

Abaíra é tão influenciada economicamente pela produção da cachaça que passou a ser chamada de cidade da cachaça! E já recebeu três prêmios:

  • “Prêmio Banco do Nordeste Empreendimento XXI” em 18/01/2001, no Hotel Transamérica – Salvador
  • 6ª melhor colocada na categoria cachaças de alambique artesanal do Brasil, Revista Playboy, número 337 – agosto/2003.
  • 17ª melhor colocada entre todas as cachaças de alambique do Brasil, Revista Playboy, número 383 – abril/2007.

A Agricultura Orgânica e alimentação natural começaram a ganhar adeptos na década de 1960, e desde então a Chapada tem se tornado um polo gastronômico inovador. Alguns restaurantes e produtores locais adotaram a filosofia slow food que oferta ao visitante uma experiência gastronômica completa e integrada com princípios de preservação ambiental e cultural.

Segundo a Associação de Agricultura Orgânica (AAO), a Agricultura Orgânica “é um processo produtivo comprometido com a organicidade e sanidade da produção de alimentos vivos para garantir a saúde dos seres humanos, razão pela qual usa e desenvolve tecnologias apropriadas à realidade local de solo, topografia, clima, água, radiações e biodiversidade própria de cada contexto, mantendo a harmonia de todos esses elementos entre si e com os seres humanos.”

O que você está esperando para curtir e experimentar todas as delícias da Chapada Diamantina?

 

Todas as fotos foram cedidas pelo Restaurante El Jamiro.







Pacotes com Transfers

Chapada Diamantina: considerada um dos ecossistemas mais ricos do mundo

Escolha seu Pacote Agora


CADASTUR é o Sistema de Cadastro de pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor do turismo

Certificado de Excelência

Chapada Adventure Daniel Certificado de Excelência2016Certificado de Excelência2017Certificado de Excelência2018Certificado de Excelência2019


Central de Atendimento

Chapada Adventure Daniel CHAPADA ADVENTURE DANIEL - CNPJ 15.642.280/0001-09
Praça Horácio de Matos, n° 114, Centro, Lençóis - Chapada Diamantina - Bahia -Brasil
CHAPADA ADVENTURE DANIEL © 2019. Todos os direitos reservados.