Dicas de Viagem

Baixa temporada na Chapada Diamantina? Conheça 4 Passeios para aproveitar ao máximo

4 dias de passeios na Chapada Diamantina:

(Rota do conhecimento – 4 dias de passeios na baixa temporada)

Pensando em visitar Lençóis, na Chapada Diamantina? Que tal visitar na baixa temporada que vai de final de janeiro a 10 de junho e de setembro até 10 de dezembro? Confira abaixo 4 dias de passeios que você pode conhecer nestes meses de baixa temporada e aproveite essa época para desfrutar dos atrativos turísticos com mais tranquilidade, menos pessoas, preços promocionais e faça fotos surpreendentes!

Organizamos os atrativos por dia de passeio, assim você já pode se programar com os nossos roteiros e pequenos grupos já confirmados.

Prepare as malas e “boraaa” como se diz por aqui!

1º DIA – Parque Municipal da Muritiba e Pinturas Rupestres na Serra das Paridas

O Parque da Muritiba é praticamente o quintal do lençoense e todo o passeio é feito a pé. Ótimo para “começar os trabalhos” e desenferrujar o corpo.

Da pousada em que estiver hospedado até o início da trilha são, em média, 15 a 20 minutos de caminhada atravessando o centro da cidade. Esse trajeto já pode durar um pouco mais, aproveitando para um city tour. O circuito começa nos Caldeirões do Serrano, parte do rio Lençóis que recebeu esse nome desde o período do garimpo, quando a serra foi ocupada por homens, os serranos, em suas tendas (acampamento rústico) que pareciam lençóis estendidos.

Esse trecho do rio é bastante desnivelado e forma caldeirões convidativos para o banho e hidromassagem. Outro destaque é quanto ao desgaste geológico das pedras pela água, que nos dá a nítida impressão de um mármore polido.

Mais alguns minutos de caminhada e chegamos no Salão das Areias Coloridas. Grandes rochas em decomposição formam salões de temperatura agradável e o nome se dá devido às diferentes tonalidades de areia espalhada pelo chão.

Em algumas lojinhas de souvenir de Lençóis é possível comprar um artesanato bastante tradicional da cidade: as garrafinhas de areia com desenhos diversos. Não se preocupe, pois a areia utilizada não é retirada do atrativo, ok?

A trilha continua até alcançar outros atrativos, sempre a cada 15 ou 20 minutos de caminhada. Assim, visitamos também a Cachoeirinha e a Cachoeira da Primavera, pequenas quedas d’água para se energizar e refrescar o calor da trilha.

Neste circuito de atrativos da Chapada Diamantina ainda fazem parte o Poço Halley, parte do rio que forma uma agradável piscina natural e o Mirante de Lençóis, ponto alto da trilha que oferece uma vista ampla da cidade.

À tarde, depois do almoço em restaurante em Lençóis, seguimos para o Complexo Arqueológico da Serra das Paridas para observar os diversos painéis de pinturas rupestres. A Serra das Paridas tem esse nome devido as figuras nas pedras que parecem mulheres parindo, outra figura interessante é um ET. “A Serra das Paridas foi redescoberta após um grande incêndio na região, expondo pedras com centenas de pinturas rupestres espalhadas pelo sítio. Neste local é possível assistir um belo por do sol.

2º DIA – Cachoeira do Mosquito e Poço do Diabo

Um dia dedicado às cachoeiras e energização. A partir de Lençóis, são 22 km de carro até o Balneário do Mucugezinho. O rio, de mesmo nome, possui diversos poços para banho e com apenas 1,5 km de caminhada chegamos a um dos atrativos desse rio, o Poço do Diabo, que além da cachoeira ainda oferece uma piscina natural perfeita para nadar à vontade.

Às margens do rio Mucugezinho, você também pode encontrar pequenos restaurantes rústicos para almoço.

Na segunda parte do dia, vamos à Cachoeira do Mosquito, com 60m de altura, que pode ser vista de diversos ângulos. A cachoeira leva esse nome, não por quantidade de insetos, mas sim, porque lá eram encontrados apenas pequenos diamantes, ou “mosquitos”, como são chamados na região.

Na Fazenda Mosquito você pode desfrutar de um almoço farto e com comidas típicas da região.

Você também pode fazer o inverso, visitar a Cachoeira do Mosquito, almoçar e depois ir para o o Rio Mucugezinho e Poço do Diabo.

3º DIA – Poço Encantado e Projeto Sempre Viva

Se você estiver hospedado em Lençóis, precisa considerar que esse dia é um pouco longo dentro do carro. De Lençóis até o Poço Encantado são 142 km. O ideal é estar hospedado no sul do Parque, em Mucugê , conforme sugerimos em nossos roteiros de 5 ou mais dias, mas se não tiver jeito e tiver que apelar para o roteiro bate-e-volta, o Poço Encantado, as cachoeiras e a passadinha em Mucugê vai fazer a viagem valer a pena.

À tarde, visitamos a cidade de Mucugê, almoçamos em um dos restaurantes mais gostosos da cidade e seguimos para o Projeto Sempre Viva, para conhecer, além do projeto, a Cachoeira da Piaba e o Tiburtino, e passar o resto da tarde tomando muito banho de cachoeira, piscina natural e sol.

4º DIA – Gruta da Lapa Doce, Gruta da Pratinha e Morro do pai Inácio:

Um dos passeios mais clássicos da Chapada Diamantina é a visita às grutas, na cidade de Iraquara. Estamos falando do segundo maior complexo de cavernas do Brasil, atrás apenas das Cavernas do Petar, no Estado de São Paulo. Uau!

Aqui, sugerimos a Gruta da Lapa Doce, mas também tem a Gruta da Fumaça e a Gruta da Torrinha. São inúmeras formações de cavernas (espeleotemas) como estalagmites, estactites, helictites, cortinas, escorrimentos, agulhas, vulcões, flores, entre outros. Já na Gruta da Pratinha, o grande atrativo está na entrada da caverna e na lagoa externa, que encanta pelas águas cristalinas e o reflexo azul, na Fazenda Pratinha tem opção de restaurante, cafeteria e opções de aventuras como tirolesa e flutuação dentro da caverna, todos pagos a parte.

No caminho de volta para Lençóis, entramos na vila Campos de São João para visitar a tradicional Casa de Doces D’Afra. Hoje, quem assume os tachos de doces é a filha, Janete, que mantém a qualidade e rusticidade da casa e dos doces em barra, pastas, licores e aquele cafezinho pra acompanhar a degustação.

Por último, visitamos o nosso cartão-postal, Morro do pai Inácio, com seus vários degraus de pedras! Vale todo o sacrifício, o guia contará a história do local, além de acompanhar e mostrar tudo no melhor horário.

Dica:

1) Comprando com agência de turismo local, além de promover a economia local, você não se preocupa com valores das taxas de entrada, onde vai reservar o almoço, reserva nos atrativos e ainda vai pagar tudo com seu cartão de crédito. Caso esteja indo por conta própria, é importante ver antes os locais que necessitam fazer reserva antecipada e horário de funcionamento.

2) Fuja dos feriados prolongados!

3) Não deixe lixo nas trilhas, recolha e descarte em uma lixeira.

4) Os passeios indicados têm maior logística se a sua hospedagem for em Lençóis.

Escrito por Aline Kubik e Flávia Brivio

Veja também:

Pacotes com Transfers

Chapada Diamantina: considerada um dos ecossistemas mais ricos do mundo

Escolha seu Pacote Agora


CADASTUR é o Sistema de Cadastro de pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor do turismo
Chapada Adventure Daniel


Certificado de Excelência

Chapada Adventure Daniel Certificado de Excelência2016Certificado de Excelência2017Certificado de Excelência2018Certificado de Excelência2019Certificado de Excelência2020


Central de Atendimento

Chapada Adventure Daniel CHAPADA ADVENTURE DANIEL - CNPJ 15.642.280/0001-09
Rua Comendador Antônio Botelho de Andrade, Quadra 24 lote 07, Encontro dos Rios, Lençóis - Chapada Diamantina - Bahia -Brasil
CHAPADA ADVENTURE DANIEL © 2021. Todos os direitos reservados.