Xique-Xique de Igatu, a Machu-Picchu Tupiniquim na Chapada Diamantina | Chapada Adventure Daniel | Chapada DiamantinaCoisas da Chapada Diamantina | Dicas de Viagem | Veja |

Coisas da Chapada Diamantina Dicas de Viagem

Xique-Xique de Igatu, a Machu-Picchu Tupiniquim na Chapada Diamantina

São muitos os visitantes que chegam em Lençóis e se surpreendem com a extensão e a quantidade de atrativos espalhados dentro e fora do Parque Nacional da Chapada Diamantina. Assim, para conhecer atrativos localizados ao sul do Parque, uma das melhores opções é hospedar-se em Xique-Xique de Igatu. E Igatu não é apenas ponto de apoio para passeios, mas o próprio atrativo turístico em si.

Vila de Igatu, carinhosamente chamada de Machu-Picchu brasileira, é distrito do município de Andaraí, acessível por uma estrada íngreme de 12km de pedra, construída por garimpeiros, que ocuparam e exploraram a região desde 1844.

Foi um longo período de exploração nesta região que chegou a abrigar mais de 9 mil habitantes. Hoje, a pequena vila soma pouco mais de 450 habitantes.

Com o declínio e fechamento dos garimpos, os próprios garimpeiros não só abandonaram o local, como também “reviraram” ruas inteiras à procura de mais diamantes, e tornaram parte da vila em uma sequência de ruínas, que hoje é um cenário histórico e turístico.

Atrativos de Igatu – Chapada Diamantina

São diversos os passeios que se pode fazer a partir da Vila de Igatu na Chapada Diamantina: Cachoeira dos Pombos, Califórnia, a trilha das ruínas, a travessia Igatu – Andaraí e a Rampa do Caim, que oferece uma vista incrível do Vale do Pati e do importante rio Paraguaçu.

Igatu também é palco natural para a prática de escalada e Boulder.

Agora, o que Igatu tem de melhor são as pessoas. Você não pode estar lá e deixar de visitar a Casa de Amarildo dos Santos, um escritor que produz a mão pequenos livros que contam a história da vila. Vale a pena comprar um de lembrança, mas se não comprar o livro, bom… “Entre e compre alguma coisa” conforme a placa da loja de Amarildo sugere!

Outra visita pra lá de agradável é na Casa de Lindaura, filha de Dona Alzira, mulher do garimpo, que já deixou esse plano há alguns anos. Lindaura conta a história da família e serve bolinhos de chuva com café. Lá tem álbuns de fotos e peças antigas para apreciar e imaginar os costumes e rotina no passado de Igatu.

E pra fechar com chave de ouro (diamante, nesse caso!) não deixe de visitar a Galeria Arte & Memória que conta com um museu a céu aberto e entre as paredes das ruínas, diversas esculturas e um café-creperia super charmoso. Tudo idealizado pelo artista plástico Marcos Zacariades. Com sorte você pode encontrá-lo por lá e saber um pouco mais da sua arte, que envolve a tradição do garimpo e a natureza da Chapada Diamantina.

Tanta beleza natural e rica história fizeram de Igatu patrimônio histórico e tombado desde 1980 e valem, não só a visita de um dia, mas uma ou duas noites hospedado em uma das pousadas da vila. Falando em noite, o céu e a quantidade de estrelas, não tem como descrever. Tem que estar lá pra ver!

Veja Também:

Pacotes com Transfers

Chapada Diamantina: considerada um dos ecossistemas mais ricos do mundo

Escolha seu Pacote Agora


CADASTUR é o Sistema de Cadastro de pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor do turismo
Chapada Adventure Daniel


Certificado de Excelência

Chapada Adventure Daniel Certificado de Excelência2016Certificado de Excelência2017Certificado de Excelência2018Certificado de Excelência2019Certificado de Excelência2020


Central de Atendimento

Chapada Adventure Daniel CHAPADA ADVENTURE DANIEL - CNPJ 15.642.280/0001-09
Rua Comendador Antônio Botelho de Andrade, Quadra 24 lote 07, Encontro dos Rios, Lençóis - Chapada Diamantina - Bahia -Brasil
CHAPADA ADVENTURE DANIEL © 2020. Todos os direitos reservados.